Mundo

Condutor que atropelou ciclistas renovou carta há um mês

Condutor que atropelou ciclistas renovou carta há um mês

O homem de 87 anos que atropelou um grupo de ciclistas, em Espanha, tinha renovado a carta de condução em fevereiro. Duas pessoas morreram e entre os seis feridos está um vice-reitor da Universidade de Vigo.

A identidade do condutor que atropelou um grupo de cicloturistas, na Galiza, não foi revelada. Sabe-se apenas que tem 87 anos e, segundo o advogado, tinha renovado a carta de condução há um mês.

Segundo a imprensa espanhola, o acidente ocorreu cerca das 11 horas de sábado, quando o idoso tentou ultrapassar o grupo de cicloturistas que seguia na estrada PO-552, entre A Guarda e Bayona, no município de Pontevedra, em Espanha.

Dois dos cicloturistas morreram no local e seis ficaram feridos. Segundo as autoridades espanholas, três dos feridos estão internados em unidades de cuidados intensivos, em estado considerado crítico.

Um outro cicloturista ficou ferido com gravidade, mas não corre perigo de vida. Há ainda mais três feridos, todos internados no hospital Povisa, em Vigo, com várias fraturas.

As vítimas têm idades compreendidas entre os 41 e os 54 anos. Um dos feridos é vice-reitor na Universidade de Vigo, José Antonio Vilán, e outro é conselheiro do Partido Popular, em Nígran, Miguel Alonso.

O condutor foi testado para consumo de álcool e drogas após o acidente. Os resultados foram negativos. Está em liberdade, com termo de identidade e residência, acusado de dois crimes: homicídio involuntário e omissão de auxílio, porque não parou no local do acidente.

Apesar de ter telemóvel, disse às autoridades não o saber o número de emergência, por isso continuou a marcha até encontrar um restaurante, onde contou o sucedido e pediu para chamar a polícia.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG