Mundo

Operação anti-ETA revela o maior arsenal de material para explosivos

Operação anti-ETA revela o maior arsenal de material para explosivos

A Guarda Civil espanhola descobriu, numa operação anti-ETA, mais de 1,6 toneladas de material para explosivos, um arsenal que é "o mais importante" da organização separatista basca alguma vez encontrado em Espanha, anunciou o governo.

O material - nitrato de amónio, pó de alumínio, pentrita, cordão detonante e detonadores - foi descoberto numa operação encetada na terça-feira no País Basco espanhol e em Navarra, na área de comando "Erreka" da ETA. Três suspeitos foram detidos.

A descoberta ocorre alguns dias depois de um polícia francês ter sido ferido por dois alegados membros da organização.

Em comunicado, citado pela agência AFP, o Ministério do Interior espanhol refere que a Guarda Civil "descobriu mais de 1.600 quilos de material para fabrico de explosivos, o que constitui o mais importante depósito da ETA encontrado até hoje em Espanha".

O material estava armazenado em cinco depósitos, situados na casa de dois irmãos detidos na terça-feira e numa habitação vizinha em Cegama, no País Basco, e em Azpiroz e Baraibar, em Navarra.