Proposta

Os assentos de avião "low cost" que permitem viajar de pé

Os assentos de avião "low cost" que permitem viajar de pé

A Aviointeriors, empresa italiana de assentos de avião, criou um novo modelo que permite aos passageiros viajar de pé. Os novos bancos, inspirados na sela de um cavalo, vão permitir o aumento do número de passageiros.

O SkyRider 2.0, desenhado pela empresa italiana Aviointeriors, é o modelo atualizado da primeira versão, criada em 2010. A proposta, anunciada no certame "Aircraft Interiors Expo" deste ano, em Hamburgo, na Alemanha, consiste num assento vertical confortável, inspirado na equitação. A empresa garante que um cavaleiro consegue aguentar horas naquela posição sem desconforto.

De acordo com a Aviointeriors, este modelo pesa metade do lugar tradicional e permitirá aos passageiros, que não queiram estar sentados, ajustar o assento de forma rápida e prática para esticar as pernas ou ir em pé. Para além do bem-estar dos viajantes, o SkyRider 2.0 irá permitir o transporte de mais passageiros. "O design destes assentos irá aumentar até 20 por cento o número de passageiros, aumentando o lucro para as companhias aéreas", referiu à CNN, o porta-voz da empresa.

Embora a empresa italiana só apresente benefícios para o SkyRider 2.0, o primeiro projeto foi reprovado, em 2010, pela Administração Federal de Aviação norte-americana. Especialistas apontarem obstáculos à implementação dos assentos, como atrasos na retirada dos passageiros ou falta de espaço para guardar objetos pessoais.

De acordo com o "Daily Mail", a Ryanair realizou um inquérito a 120 mil pessoas e descobriu que 80 mil delas consideraria sentar-se neste tipo de assentos se fossem grátis, enquanto que 42 por cento afirmaram que os usariam se o ingresso custasse metade.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG