Ucrânia

OSCE "muito preocupada" com colunas de tanques em Donestsk

OSCE "muito preocupada" com colunas de tanques em Donestsk

A Organização para a Segurança e Cooperação na Europa mostrou-se "muito preocupada", depois de ter testemunhado a movimentação de tanques, armas e tropas no leste da Ucrânia, em território mantido por separatistas pró-Rússia.

Os observadores referem, num comunicado divulgado sábado à noite, que "observaram as movimentações colunas de tanques e de artilharia pesada" na área de Donetsk e perto de Makiivka, no leste da Ucrânia.

"Mais de 40 camiões e navios" foram vistos numa autoestrada na periferia leste de Makiivka, disseram os representantes da OSCE, acrescentando que "desses, 19 eram grandes camiões, contendo pessoal com uniformes verde escuros, sem insígnias".

Os observadores da OSCE dão conta também de seis camiões de combustível e um veículo blindado.

Além disso, os representantes dizem que viram "uma coluna de nove tanques a deslocarem-se para oeste, também sem marcação".

A OSCE indica que todas as forças estavam em território controlado pela autoproclamada República Popular de Donetsk, que está a combater as tropas ucranianas numa guerra que já matou pelo menos 4000 pessoas, de acordo com números da Nações Unidas.

O relatório da OSCE surge um dia depois de as forças armadas da Ucrânia terem dito que viram uma longa coluna de tanques e de outra artilharia pesada a entrar no país a partir de uma fronteira com a Rússia que está sob o controlo dos rebeldes.

Outras Notícias