Brexit

Pai de Boris Johnson pede cidadania francesa

Pai de Boris Johnson pede cidadania francesa

Ligações familiares levam Stanley Johnson, que votou contra o Brexit, a pedir dupla nacionalidade. "Sou francês. Por isso, trata-se de recuperar o que já tenho", explicou, garantindo ainda que será "sempre europeu".

O pai do primeiro-ministro britânico Boris Johnson anunciou esta quinta-feira que decidiu solicitar cidadania francesa para manter os laços com a União Europeia (UE) após o Brexit.

De acordo com a Reuters, Stanley Johnson, ex-membro do Parlamento Europeu que votou para que o Reino Unido permanecesse na UE, disse à rádio RTL que pretendia tornar-se cidadão francês devido aos fortes laços familiares com a França.

"Se bem entendi, sou francês. A minha mãe nasceu em França, a mãe dela era totalmente francesa, assim como o seu avô. Por isso, para mim, trata-se de recuperar o que já tenho. E isso deixa-me muito feliz", sublinhou Stanley, em francês.

"Serei sempre europeu, isso é certo. Não se pode dizer aos britânicos 'vocês não são europeus'. Ter um vínculo com a União Europeia é importante ", acrescentou.

PUB

De recordar que Boris Johnson foi um dos rostos públicos da campanha que defendia a saída do Reino Unido da UE, alegando que a Grã-Bretanha podia prosperar enquanto nação soberana e independente. Ainda assim, esta quarta-feira, o primeiro-ministro adotou uma postura mais conciliatória quando o Parlamento aprovou o novo acordo comercial com a UE.

"Este não é o fim da Grã-Bretanha como país europeu. Somos, em muitos aspetos, a civilização europeia por excelência e vamos continuar a ser assim", sublinhou, na altura.

É já esta sexta-feira que o Reino Unido deixa de estar, oficialmente, na órbita da UE, após uma ligação de 48 anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG