Mundo

Comité do MPLA em Lisboa apoia mensagem de Eduardo dos Santos

Comité do MPLA em Lisboa apoia mensagem de Eduardo dos Santos

O Comité da Comunidade do MPLA em Portugal aprovou "sem reservas" a mensagem sobre o Estado da Nação, proferida terça-feira pelo Presidente José Eduardo dos Santos, e que ditou o fim da "construção da parceria estratégica" com Portugal.

A agência noticiosa angolana Angop noticia que os membros Comité da Comunidade do MPLA em Portugal aprovaram no sábado "sem reservas" a mensagem sobre o Estado da Nação, proferida pelo chefe de Estado angolano por ocasião da abertura da III Legislatura da Assembleia Nacional.

Reunidos na sua IX reunião ordinária, sob orientação da sua primeira secretária, Rosa de Almeida, o Comité aclamou "incondicionalmente" a "moção de apoio e reconhecimento, pela forma como o Presidente José Eduardo dos Santos tem conduzido os destinos da Nação, na promoção e consolidação da paz, no combate à miséria e à pobreza, visando melhorar as condições de vida do povo angolano", segundo a mesma fonte.

"Os militantes do MPLA em Portugal reiteram toda a confiança e encorajam ao Camarada Presidente José Eduardo dos Santos que prossiga os esforços, empenho e dedicação pessoal na reconstrução e construção de infraestruturas, que promovem o desenvolvimento, para a transformar Angola num país seguro e melhor", aponta o Comité do MPLA em Portugal, citado pela Angop.

Reunidos sob o lema "MPLA: Angola a crescer mais e a distribuir melhor", os membros do Comité analisaram, entre outros, as novas condições de trabalho e os meios de apoio para o funcionamento das estruturas do MPLA em Portugal, tendo também na reunião sido aprovado a calendarização para a revitalização dos Comités de Ação do Partido, com vista a renovação de mandatos.

O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, considerou na terça-feira que "o clima político atual" da relação entre Portugal e Angola "não aconselha à construção da parceria estratégica antes anunciada" entre os dois países.

Através de uma nota divulgada na terça-feira, o Governo português manifestou surpresa com as palavras do Presidente angolano sobre a relação entre Portugal e Angola e reiterou a importância e o "alcance estratégico" que tem atribuído a esse relacionamento bilateral.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG