Mundo

Tarrafal será transformado em espaço cultural

Tarrafal será transformado em espaço cultural

O edifício do antigo Campo de Concentração do Tarrafal de São Nicolau, atualmente destruído, vai ser reconstruído e servir como espaço de cultura, formação e educação, acordaram, esta segunda-feira, o Ministério da Cultura cabo-verdiana e a câmara municipal local.

A decisão insere-se no memorando de entendimento assinado entre o Governo, através do Ministério da Cultura, tutelado por Mário Lúcio Sousa, e pelo presidente da Câmara do Tarrafal de São Nicolau, José Freitas de Brito, e que abarca também iniciativas de apoio ao Carnaval, Festival da Morna e Centro Cultural Paulino Vieira.

O Campo de Concentração do Tarrafal de São Nicolau foi criado em 1931 e destinou-se a instalar provisoriamente os presos no Seminário/Liceu antes de iniciarem os trabalhos num outro, no Tarrafal de Santiago (aberto em 1936), tendo sido concebido para "internar" os revolucionários que tomaram parte na Revolta da Madeira, de 1931.

O projeto de São Nicolau, porém, seria abandonado e, hoje em dia, apenas restam algumas partes dos muros do antigo seminário.

Hoje de manhã, Mário Lúcio Sousa indicou que a ideia é reerguer o edifício e transformá-lo num espaço de cultura, formação e educação, razão pela qual a autarquia local terá de trabalhar para a classificação a património local, impulsionando a sua declaração como monumento nacional.

Sobre o acordo com a edilidade, Mário Lúcio lembrou que o projeto pretende garantir condições para a difusão dos valores culturais de cada ilha e município, para que todo o bem cultural seja gerido de forma "harmoniosa".

"Devemos ter cuidado com que é o nosso património para além do ciclo normal da gestão política. Estamos a fazer isso há já algum tempo, mas entendemos que deve haver documento oficial público, que obrigue aos próximos eleitos a continuar com o trabalho que está ser feito", explicou.

A intenção, no fundo, é de garantir que os trabalhos iniciados não fiquem sem conclusão devido à mudança dos gestores políticos, frisou, admitindo, porém, que o caso da Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau é "exemplar".

Além do Carnaval, uma dos mais importantes de Cabo Verde, está em execução a segunda fase da construção do Centro Cultural Paulino Vieira, renomado músico cabo-verdiano natural da ilha, que passa pela construção de uma escola de música.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG