Vaticano

Papa pede apoio para Estados que recebem mais refugiados

Papa pede apoio para Estados que recebem mais refugiados

O Papa Francisco pediu que os "países que recebem um grande número de refugiados e deslocados sejam apoiados no seu esforço de solidariedade".

"Pode um país enfrentar sozinho as dificuldades que produz a migração forçada?", pergunta o Papa, no vídeo que publica em cada mês para indicar as intenções de oração neste ano da Misericórdia.

Francisco convida a "passar da indiferença e do medo à aceitação do outro".

"Esse outro podes ser tu ou eu", acrescenta.

No vídeo de pouco mais de um minuto veem-se imagens das viagens do Papa à ilha italiana de Lampedusa (sul) e à ilha grega de Lesbos, símbolos de quem atravessa o mar Mediterrâneo com destino à Europa para fugir da pobreza e das guerras.

"Junta-te a mim neste pedido: Que os países que recebem um grande número de refugiados e deslocados sejam apoiados no esforço de solidariedade", pede Francisco, sentado no escritório da sua residência, na casa de Santa Marta.

A iniciativa dos vídeos do Papa é promovida pela Rede Mundial de Oração, para divulgar as intenções de oração mensais.

PUB

De acordo com os últimos dados da Organização Internacional das Migrações (OIM), até 19 de outubro chegaram à Europa, por mar, 335031 migrantes e refugiados. Pelo menos 4220 morreram na travessia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG