Mundo

Parlamento da Finlândia aprova nomeação da primeira-ministra mais jovem do mundo

Parlamento da Finlândia aprova nomeação da primeira-ministra mais jovem do mundo

O parlamento da Finlândia aprovou, esta terça-feira, a nomeação de Sanna Marin para o cargo de primeira-ministra, tornando esta política social-democrata de 34 anos a mais jovem chefe de Governo do mundo.

A nomeação de Sanna Marin, que vai liderar uma coligação governamental de centro-esquerda composta por cinco partidos, foi aprovada no Eduskunta (designação original do parlamento finlandês) com 99 votos favoráveis e 70 contra.

A coligação governamental detém uma maioria confortável de 117 deputados no Parlamento, composto por 200 assentos.

A nova equipa governamental vai integrar as mesmas forças políticas do anterior executivo: o Partido Social-Democrata (SDP, de Sanna Marin), o liberal Partido de Centro, os Verdes, a Aliança de Esquerdas e o minoritário Partido Popular Sueco (SFP).

Quatro forças políticas da coligação são lideradas por mulheres, três delas com pouco mais de 30 anos.

A nova primeira-ministra finlandesa será investida oficialmente hoje à tarde, juntamente com os 18 ministros que integram o novo executivo, pelo Presidente da Finlândia, Sauli Niinistö.

A tomada de posse de Sanna Marin e da equipa governativa esta terça-feira vai permitir que a nova primeira-ministra represente a Finlândia na reunião do Conselho Europeu, que terá lugar na quinta e sexta-feira em Bruxelas.

A Finlândia ocupa a presidência rotativa da União Europeia (UE) até ao final do ano.

Aos 34 anos, Sanna Marin torna-se hoje na mais jovem governante em exercício do mundo, destronando o austríaco Sebastian Kurz, de 33 anos, que, depois de ter assumido o cargo de chanceler da Áustria em 2017 com 31 anos, está atualmente a negociar a formação de um governo, após a vitória nas eleições legislativas de setembro passado.

Mas estes dois casos não são únicos e, nos últimos anos, vários políticos na casa dos 30 têm assumido cargos governativos.

É o exemplo da primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, que foi investida em 2017 quando tinha 37 anos ou do chefe de Governo irlandês, Leo Varadkar, que assumiu o cargo em 2017 aos 38 anos.

Outros dois casos é o atual Presidente francês, Emmanuel Macron, que chegou ao Eliseu (em 2017) quando tinha 39 anos e o chefe de Estado da Costa Rica, Carlos Alvarado, que assumiu o cargo, em 2018, com 38 anos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG