Estados Unidos

Três pessoas mordidas por leões-marinhos na baía de São Francisco

Três pessoas mordidas por leões-marinhos na baía de São Francisco

Uma parte da baía de São Francisco, nos Estados Unidos, foi fechada aos mergulhadores depois de três pessoas serem mordidas por leões-marinhos, no espaço de uma semana.

Duas pessoas ficaram com graves ferimentos no braço e virilhas depois de terem estado em contacto com os animais na água. Um dos ataques aconteceu na quinta e outro na sexta-feira, sendo a vítima do último incidente um idoso com perto de 60 anos que teve de ser levado para o hospital.

No início da semana passada, outro mergulhador também terá sido mordido, mas com menor gravidade, não tendo, por isso, necessitado de ajuda médica.

Em resposta, as autoridades fecharam, neste fim de semana, o Aquatic Park Cove, um famoso centro de mergulho no norte da baía de São Francisco.

Ainda não se sabe se é o mesmo animal que realiza os ataques, mas, de acordo com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica, os leões-marinhos da Califórnia são "imprevisíveis" e podem tornar-se "agressivos" rapidamente. "Eles têm dentes afiados e podem morder, principalmente se forem encurralados, assediados, estiverem doentes ou se protegem os seus filhotes (...) podem ser brincalhões, mas também territoriais e perigosos, especialmente durante as estações de acasalamento", contou um responsável ao "Los Angeles Times".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG