Coreia do Sul

Partido sul coreano pede aos EUA instalação de armas nucleares

Partido sul coreano pede aos EUA instalação de armas nucleares

O partido conservador da Coreia do Sul pediu aos Estados Unidos para voltar a instalar na península coreana armas nucleares para enfrentar de forma mais eficaz as "ameaças" de Pyongyang.

O pedido dirigido à nova administração norte-americana passa a fazer parte do programa oficial do Partido da Liberdade, na oposição.

Os líderes do partido, que se reuniram esta quarta-feira em Seul, referiram-se também às tensões entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte que difundiu em julho o plano de lançamento de mísseis contra as águas territoriais da ilha de Guam, no Pacífico Ocidental.

Na terça-feira, o líder norte-coreano Kim Jong-Un anunciou que Pyongyang vai "fazer uma pausa" no plano sobre o lançamento de mísseis contra o território norte-americano de Guam.

De acordo com a agência de notícias norte-coreana, KCNA, Kim Jong-Un espera pelos próximos movimentos dos Estados Unidos.

Kim Jong-Un disse que "vai ficar a observar um pouco mais o comportamento idiota e estúpido dos 'ianques'".

"Se eles persistirem nas ações irresponsáveis e perigosas na península coreana", Pyongyang "tomará as medidas que já anunciou", acrescentou o líder da Coreia do Norte, na terça-feira.

Além das ameaças de julho contra Guam, o Partido da Liberdade da Coreia do Sul disse também recear um confronto militar na península coreana.

Washington retirou as armas nucleares da Coreia do Sul nos anos 1990.

Outros Artigos Recomendados