Amesterdão

Sobrevive a 11 horas de voo escondido no trem de aterragem do avião

Sobrevive a 11 horas de voo escondido no trem de aterragem do avião

A polícia de Amesterdão, nos Países Baixos, descobriu um passageiro clandestino escondido na roda de um avião de carga que chegava da África do Sul.

"O homem foi encontrado vivo na seção do nariz do avião e foi levado ao hospital em estado estável", confirmou a porta-voz da Polícia Militar Real Holandesa, Joanne Helmonds, em declarações à AFP.

Acredita-se que o homem, que não foi identificado, tenha entrado no avião antes de este deixar Joanesburgo. Escondido no trem de aterragem, o passageiro sobreviveu às 11 horas de voo de nove mil quilómetros entre a África do Sul e os Países Baixos. "É bastante notável que o homem ainda esteja vivo", disse Helmonds.

Segundo a porta-voz, é raro haver passageiros clandestinos em voos para os Países Baixos. Tentativas anteriores envolveram possíveis imigrantes da Nigéria e do Quénia.

No ano passado, a polícia descobriu o corpo de um homem nigeriano no trem de aterragem de um avião que chegava ao aeroporto de Schiphol, em Amesterdão. No mesmo ano, um adolescente queniano sobreviveu a um voo de Londres, no Reino Unido, para o aeroporto de Maastricht, nos Países Baixos, na roda de um avião de carga

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG