Espanha

Pediu o divórcio e foi morta à facada pelo companheiro na garagem de casa

Pediu o divórcio e foi morta à facada pelo companheiro na garagem de casa

Pouco passava das 7 horas deste sábado, quando uma mulher de 47 anos entrava na garagem de sua casa, na localidade de Altabix de Eche, Espanha, para recolher objetos pessoais, na sequência de um pedido de divórcio feito há poucos dias. O companheiro encontrou-a e, depois de uma discussão, matou-a com uma faca.

Segundo conta o jornal "Diario Informacion", foi o funcionário de um café próximo do edifício quem ouviu "ruídos estranhos" e foi o primeiro a dar conta do crime às autoridades, quando viu o homem, de 52 anos, com as mãos ensanguentadas, a sair da garagem para rua. Terá confessado a quem passava que tinha matado a mulher. As primeiras informações dão conta que o suspeito se entregou às autoridades e que os serviços de emergência tentaram, durante cerca de uma hora, reanimar a vítima.

O casal recém-separado - não viva junto há apenas três dias - tinha dois filhos, de 17 e 21 anos, e não havia registos anteriores de violência doméstica. Este sábado, ao meio-dia, a localidade nos arredores de Alicante mobilizou-se para três minutos de silêncio, em memória de mais uma vítima de violência doméstica no país. Desde o início do ano, que já morreram 31 mulheres às mãos dos companheiros no país vizinho.