Mundo

Pequena "Maria" não está na lista de crianças perdidas da Interpol

Pequena "Maria" não está na lista de crianças perdidas da Interpol

O caso da menina encontrada num acampamento cigano, na Grécia, e que pode ter sido roubada aos pais, continua envolto em mistério. De acordo com o meios de comunicação gregos, a criança não se consta na lista de menores perdidos da Interpol.

As provas de ADN enviadas para a sede da Interpol, em Lyon, não indicam qualquer correspondência com os 606 registos da lista de pessoas desaparecidas em todo o Mundo.

Na lista da Interpol, há 61 crianças com idades aproximadas à menina encontrada num acampamento cigano, batizada Maria.

A menina, de cerca de cinco anos, foi encontrada durante uma operação policial. O casal com quem vivia criança encontra-se detido, sob a suspeita de a ter sequestrado.

Maria encontra-se à guarda de uma associação de proteção de menores.

O caso teve também consequências na câmara municipal de Atenas. O presidente do município suspendeu quatro altos quadros do registo civil.

Maria foi registada pela primeira vez, no início deste ano, com documentos falsos.