Mundo

Peritos portugueses vão identificar vítimas na Namíbia

Peritos portugueses vão identificar vítimas na Namíbia

Dois técnicos do Instituto Nacional de Medicina Legal vão esta segunda-feira para a Namíbia para procederem à identificação dos corpos dos sete portugueses mortos na sequência da queda do avião das Linhas Aéreas de Moçambique.

O aparelho que fazia a viagem entre Maputo e Luanda desapareceu dos radares na sexta-feira e foi encontrado no dia seguinte, no Parque Nacional de Bwabwata.

A perícia contará com a descrição recolhida de características das vítimas: fraturas físicas, próteses, por exemplo. Está previsto que os técnicos permaneçam na Namíbia até sexta-feira. O governo de Angola também vai mandar uma equipa forense sua, que irá juntar-se aos investigadores locais, revela o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário.

"Nesta fase, haverá que fazer o reconhecimento dos corpos", diz José Cesário, secretário de Estado das Comunidades Portuguesas. "Para já não haverá deslocação dos familiares ou seus representantes". José Cesário tem ainda conhecimento de que "em princípio, os familiares serão representados por terceiros, não deverão ir à Namíbia familiares diretos". As viagens devem ser pagas pelo seguro da companhia.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG