Covid-19

Pfizer pede autorização nos EUA para 3.ª dose de vacina para crianças

Pfizer pede autorização nos EUA para 3.ª dose de vacina para crianças

A farmacêutica Pfizer e a biotecnológica BioNTech anunciaram hoje que vão pedir autorização nos Estados Unidos para a administração generalizada da terceira dose da vacina contra a covid-19 a crianças entre os 5 e os 11 anos.

Segundo um comunicado das duas empresas, a terceira dose aumenta significativamente a proteção contra a variante Ómicron do coronavírus SARS-CoV-2, que é mais transmissível.

Dados de um ensaio clínico com 140 crianças que receberam a terceira dose da vacina da Pfizer-BioNTech, cerca de seis meses após a segunda, revelaram que o nível de anticorpos era 36 vezes maior, de acordo com o consórcio, que acrescenta que a vacina foi bem tolerada e não levantou novas questões de segurança.

A terceira dose da vacina Pfizer-BioNTech já está autorizada nos Estados Unidos para crianças entre os 5 e os 11 anos com o sistema imunitário comprometido, para jovens entre os 12 e os 17 anos e para adultos.

Pfizer e BioNTech anunciaram ainda que pretendem partilhar os dados de que dispõem sobre a terceira dose em crianças entre os 5 e os 11 anos com a Agência Europeia do Medicamento e outros reguladores.

Na União Europeia, a terceira dose da vacina da Pfizer-BioNTech está autorizada para adultos e adolescentes entre os 12 e os 17 anos. Em Portugal, é apenas administrada a adultos.

A covid-19 é uma doença respiratória causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 na China e que se disseminou rapidamente pelo mundo.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG