O Jogo ao Vivo

Xangai

Pirata informático terá roubado informações de mais de mil milhões de chineses

Pirata informático terá roubado informações de mais de mil milhões de chineses

Será um dos maiores roubos de dados que a Ásia já sofreu: um hacker alega ter conseguido entrar na base de dados da polícia de Xangai e pede 10 bitcoins pela venda dos dados de mais de mil milhões de habitantes chineses.

"ChinaDan", como se identifica, alega ter conseguido a informação de mais de mil milhões de habitantes chineses, após ter conseguido acesso à base de dados da polícia de Xangai.

O pirata informático colocou uma publicação no Breach Foruns, onde afirma que "os bancos de dados contêm informações de mil milhões de chineses residentes nacionais e vários milhares de milhões de registo de casos como: nome, endereço, local de nascimento, número de identificação, número de telemóvel e registo criminal". "Chinadan" está a trocar estes dados por 10 bitcoins, equivalentes a aproximadamente 195 mil euros.

A publicação tem causado controvérsias nas principais redes sociais chinesas, onde vários utilizadores expressam preocupação por ter os seus dados espalhados na internet. Ainda não é possível provar a veracidade do caso e a polícia de Xangai não comentou as alegações até à data.

Se for confirmado, este poderá ser um dos maiores ataques informáticos na Ásia, numa época em que Pequim se compromete a aumentar a proteção da privacidade dos dados dos seus cidadãos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG