Ataque

Quem é o autor do ataque de Nice?

Quem é o autor do ataque de Nice?

A polícia francesa em Nice lançou uma grande operação para tentar perceber se o cidadão francês, de origem tunisina, identificado como o autor do ataque desta quinta-feira, atuou sozinho.

Uma das questões chave para os investigadores é saber se houve cúmplices. A esse respeito, a France2 realçou que a análise às imagens de videovigilância do Passeio dos Ingleses mostra que mais ninguém subiu ou desceu do camião depois do ataque.

Dentro do camião, a polícia encontrou um cartão de identidade, um cartão bancário e um telemóvel, todos eles ligados ao suspeito. Foi encontrada também uma pistola de calibre 7.65 usada, bem como duas grandes armas e granadas, neste caso falsas.

Segundo as informações veiculadas pela polícia francesa e pela imprensa francesa, o camião usado no ataque foi alugado há dois dias em Saint-Laurent-du-Var, localidade perto de Nice.

A polícia já identificou formalmente o homem que matou 84 pessoas, esta quinta-feira à noite, na marginal de Nice, durante as festividades do 14 de julho, o dia nacional francês. Trata-se de Mohamed Lahouaiej Bouhlel. A ex-mulher de Bouhlel foi detida e vai ser interrogada pelos investigadores franceses.

Sabe-se que tem 31 anos, que nasceu na Tunísia, e que era conhecida da polícia devido a criminalidade comum, incluindo "violência com arma, violência conjugal, ameaças de roubo . Não estava em nenhuma lista ligada ao terrorismo, nem era conhecido dos serviços de informações franceses.

Bouhlel não era conhecido das autoridades tunisinas, avança o "Guardian", que diz também que era casado e com três filhos. Há quatro anos esteve na Tunísia, em Msaken.

O motorista do camião era "totalmente desconhecido dos serviços de informações" franceses, mas o ato corresponde aos apelos dos 'jihadistas' à morte dos "infiéis", confirmou o procurador francês François Molins.

Esta manhã, uma operação policial entrou no apartamento do suspeito, na zona este de Nice, segundo os vizinhos disseram à imprensa francesa.

A BFM TV recolheu testemunhos dos vizinhos do autor do ataque de Nice, que o descrevem como um homem cuja religiosidade "não era evidente". Estava em processo de divórcio, de acordo com testemunhos recolhidos pela estação de televisão.

Os vizinhos descreveram-no à BFM TV como um homem "deprimido, instável" e agressivo nos últimos tempos, justificando o estado de espírito pelo divórcio e problemas financeiros. A emissora France Info falou também com vários vizinhos, que o descreveram como um muçulmano pouco praticante e que gostava de dançar salsa e das mulheres.

Portador de carta de condução de pesados desde há cerca de um ano, Mohamed Lahouaiej Bouhiel era condutor de entregas numa empresa em Nice, mas teve um acidente há cerca de um mês, depois de ter adormecido ao volante.

Em janeiro protagonizou uma discussão na sequência de um acidente rodoviário após o que ficou sob vigilância judicial.

Esta manhã, a zona do ataque foi isolada, enquanto os investigadores forenses recolhiam provas e indícios. Esta madrugada ainda era possível ver vários corpos ao longo da "Promenade des Anglais", local turístico transformado em zona de terror.

O camião ficou com a frente parcialmente destruída e o vidro bastante danificado por balas.

Segundo disse uma testemunha ao canal de TV BFM, o autor do ataque disparou sobre a polícia, que ripostou. "Eles mataram-no e a cabeça dele ficou fora da janela do camião".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG