Mundo

Polícia indonésia detém dois suspeitos de contrabando de leões e leopardos bebés

Polícia indonésia detém dois suspeitos de contrabando de leões e leopardos bebés

A polícia indonésia deteve dois homens suspeitos de fazer parte de um grupo que furta e comercializa animais em extinção, durante uma operação na qual apreenderam vários leões, leopardos bebés e dezenas de tartarugas.

Um dos suspeitos, identificado apenas como Yatno, foi detido no sábado em Pekanbaru, capital da província de Riau, depois de ser apanhado a transportar caixas suspeitas para uma lancha atracada num porto no distrito de Dumai, informaram no domingo as autoridades indonésias.

A polícia encontrou várias caixas contendo quatro leões bebés, um leopardo e 58 tartarugas.

A detenção de Yatno levou a polícia a capturar outro suspeito que planeava vender os animais contrabandeados a um comerciante na ilha de Java, acrescentaram as autoridades.

De acordo com a polícia indonésia, os dois homens pertencem a um grupo internacional de tráfico de animais.

Cada leão ou leopardo bebé está avaliado no mercado negro em mais de 30 mil euros, enquanto cada tartaruga custa cerca de mil euros, apontaram as autoridades.

Os dois suspeitos, se considerados culpados, incorrem numa pena que pode ir até cinco anos de prisão e multas de cerca de 6500 euros.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG