Canadá

Polícia mata jovem armado perto de escola em Toronto

Polícia mata jovem armado perto de escola em Toronto

Um jovem, com cerca de 20 anos, que andava com uma arma de fogo perto de uma escola em Toronto, no Canadá, foi atingido mortalmente pela Polícia, após confrontos com as autoridades. O incidente levou ao encerramento de cinco escolas na capital canadiana, que já foram, entretanto, reabertas.

O jovem andava com uma arma a cerca de 130 metros de uma escola primária, em Port Union,​​​ uma área residencial a Norte do centro de Toronto, quando foi alvejado pela Polícia, na quinta-feira. Ainda não são conhecidos muitos detalhes do incidente, mas James Ramer, chefe da Polícia, garantiu que foi um evento "isolado" e que não há qualquer ameaça à segurança pública.

Aos meios de comunicação locais, algumas testemunhas disseram que ouviram três tiros e que viram a Polícia a tentar reanimar o homem.

"Devido à proximidade com uma escola, certamente compreendo o quão traumático deve ter sido para os funcionários, alunos e pais, dado os recentes acontecimentos que se passaram nos Estados Unidos", afirmou Ramer, citado pelo "The Guardian", referindo-se ao tiroteio numa escola do Texas, na terça-feira, que matou 19 crianças e duas professoras.

Ramer acrescentou ainda que a Unidade de Investigações Especiais do Canadá vai conduzir uma investigação para perceber melhor o caso.

Por questões de segurança, cinco escolas da região foram encerradas, mas o ​​​​​​​conselho escolar do distrito de Toronto já reabriu os estabelecimentos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG