Venezuela

Polícia venezuelana espancou e deteve jornalista

Polícia venezuelana espancou e deteve jornalista

Um jornalista estagiário foi espancado por oficiais da Polícia de Anzoátegui na cidade de Puerto La Cruz, 400 quilómetros a oeste de Caracas.

Segundo o diário El Mio, onde trabalha o jornalista, a agressão ocorreu junto das instalações do jornal e ficou registada no sistema de vídeovigilância, quando o jornalista Óscar Tarazona terminava o seu dia de trabalho.

"Ao constatar que os agentes inspeccionavam o seu carro, no qual estava um seu primo, o repórter aproximou-se e perguntou-lhes o que se passava, informando que era o proprietário do veículo (...) os agentes, sem dizer qualquer palavra, golpearam-no na cabeça, atiraram-no ao chão, algemaram-no e levaram-no preso", explica o jornal.

Segundo El Mio, há várias testemunhas da agressão policial ao jovem, que mais tarde acabou por ser libertado pela polícia.

O jornalista foi submetido a exames médico-forenses.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG