Exclusivo

Português está com a família num bunker em Kherson, cidade tomada pelos russos

Português está com a família num bunker em Kherson, cidade tomada pelos russos

Oleksandr Kovalchuk, nascido na Ucrânia e com nacionalidade portuguesa, casado com uma ucraniana e a viver em Portugal, foi em outubro até Kherson, perto da península da Crimeia​​​​​​, ter o segundo o filho. Nos primeiros dias da guerra, chegou a refugiar-se na cave de casa e depois num bunker com a mulher e os dois filhos, um de dois anos e um bebé com pouco mais de três meses. E abrigado tem-se mantido porque de Kherson já não consegue sair: a cidade está tomada pelos russos.

Oleksandr Kovalchuk, de 26 anos, nasceu na Ucrânia, mas veio para Portugal com 11 anos, onde se manteve até agora. Tal como os pais, que cá vivem, adquiriu a nacionalidade portuguesa. Em outubro do ano passado, um mês antes de o filho nascer, viajou com a mulher, de 23, para a Ucrânia.

"A minha esposa quis que a nossa segunda criança nascesse aqui. Viemos para cá para ela ter o parto", começa por contar ao JN. Em Portugal, reside em Albufeira, onde tem casa, embora os pais estejam em Guia, uma antiga freguesia em Pombal (distrito de Leiria).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG