Ensino

Português supera o bullying e vence prémio no País de Gales

Português supera o bullying e vence prémio no País de Gales

Márcio Paixão, de 18 anos, venceu um prémio pelos dotes de cabeleireiro no País de Gales. O adolescente, que sofreu de bullying quando emigrou para a Grã-Bretanha aos 11 anos, tornou-se o aluno do ano e foi premiado pelo governo.

Quando emigrou com a tia para a cidade de Merthyr, no País de Gales, Márcio Paixão não teve uma vida fácil. Como aluno estrangeiro e emigrante foi gozado pelos colegas na escola. Porém, não se deixou vencer pela adversidade e apesar de dificuldades na escola, conseguiu superar-se na formação como barbeiro.

O português foi vencedor de um prémio oferecido pelo governo do País de Gales: Márcio venceu os mais de 30 finalistas do galardão, que reconheceu as suas qualidades de barbeiro e cabeleireiro.

Tornou-se o aluno do ano para o governo que decidiu premiá-lo pelo percurso académico. "Foi uma longa viagem para este prémio e estou ansioso por tudo o que me espera na minha carreira. É um reconhecimento, espera que seja, apenas o princípio", disse o português, citado pelo jornal britânico "Metro".

Apesar do muito tempo dedicado aos cabelos, Márcio é também modelo nas horas livres. "Desenvolvi a confiança e as competências para progredir na carreira que sempre quis", afirmou.