Última Hora

Presidente da Comissão Europeia com teste negativo à covid-19

Presidente da Comissão Europeia com teste negativo à covid-19

O teste de despistagem de covid-19 da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, deu um resultado negativo, anunciou o porta-voz da instituição, Eric Mamer.

"O mais recente resultado do teste da presidente @vonderleyen é negativo. No entanto ela irá manter o auto isolamento até amanhã [terça-feira] até final do dia, como previsto pelos regulamentos de saúde", escreveu Mamer na sua conta na rede social Twitter.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, participou, na terça-feira na reunião do Conselho de Estado, em Cascais (Lisboa).

No domingo à noite, a Presidência da República foi informada de que o conselheiro de Estado António Lobo Xavier está infetado com o vírus que provoca a covid-19.

Os testes de diagnóstico de infeção com o novo coronavírus realizados no domingo pelo chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, pelo presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e pelo primeiro-ministro, António Costa, deram negativo.

Esta informação foi avançada à Lusa por fonte da Presidência da República, que adiantou que também deram resultado negativo os testes realizados por outros cinco conselheiros de Estado: os antigos presidentes da República Jorge Sampaio e Aníbal Cavaco Silva, Francisco Pinto Balsemão, Leonor Beleza e Francisco Louçã.

PUB

Os demais membros do Conselho de Estado deverão ser testados esta segunda-feira.

O Conselho de Estado reuniu-se na terça-feira, no Palácio da Cidadela, em Cascais, entre as 14:00 e as 18:00, tendo como convidada a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen. Esta foi a primeira reunião presencial do órgão político de consulta do Presidente da República em período de pandemia de covid-19.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e trinta mil mortos e mais de 34,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.005 pessoas dos 79.151 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG