Mundo

Presidente da Nigéria exige justiça após ataques com dezenas de mortos

Presidente da Nigéria exige justiça após ataques com dezenas de mortos

O Presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, condenou os ataques bombistas de hoje contra duas igrejas e instalações das forças de segurança, que provocaram pelo menos 40 mortos, e pediu o julgamento dos responsáveis.

"Estes actos de violência contra civis inocentes constituem uma injustificável afronta à nossa segurança colectiva e liberdade", referiu através de um comunicado. "Os nigerianos devem condenar em uníssono estes ataques", acrescentou.

O chefe de Estado da Nigéria também prometeu forte determinação do Governo em "fazer comparecer perante a justiça todos os responsáveis pelos actos de violência deste domingo e de todos os que foram perpetrados no passado".

Antes, o executivo nigeriano tinha já acusado a seita islamita Boko Haram pelos ataques, enquanto um suposto porta-voz do grupo também assumia a responsabilidade pelos atentados.

Outros Artigos Recomendados