Rússia

Pressão mediática de DiCaprio ajuda a salvar cerca de 100 baleias

Pressão mediática de DiCaprio ajuda a salvar cerca de 100 baleias

As autoridades russas ordenaram a libertação de cerca de 100 baleias que estavam num cativeiro ilegal e degradante. A campanha que Leonardo DiCaprio lançou online mobilizou milhares de pessoas e terá sido decisiva para salvar os animais.

Foi no ano passado que foram tornadas públicas imagens dos animais presos em tanques. Segundo o Kremlin, as baleias estavam a ser mantidas em "condições cruéis para serem vendidas a aquários chineses". A mesma fonte disse que o presidente Vladimir Putin se envolveu pessoalmente para resolver a situação.

Contudo, a libertação dos animais não poderia ser imediata. Como explicou o ministro russo para a Ecologia, Dmitry Kobylkin, não basta libertá-los, "o mais importante é fazê-lo corretamente", mencionando as condições meteorológicas como uma das condicionantes da operação de salvamento.

Através de um apelo feito no Twitter, o ator e ambientalista Leonardo DiCaprio pediu aos seus seguidores para assinarem uma petição para a libertação das baleias. O resultado foi avassalador, alcançando, em pouco tempo, quase um milhão de assinaturas.