Polícia

Primeira detenção de quatro suspeitos por conspiração terrorista na Islândia

Primeira detenção de quatro suspeitos por conspiração terrorista na Islândia

A polícia islandesa disse, esta quinta-feira, que prendeu quatro pessoas numa operação ligada à preparação de um "ataque terrorista", sendo a primeira detenção desse género na Islândia.

"A origem das operações policiais de ontem [quarta-feira] (...) faz parte de uma investigação sobre a preparação de um ataque terrorista", adiantou à imprensa o comissário nacional da polícia da Islândia, Karl Steinar Valsson.

Várias armas semiautomáticas, algumas impressas em 3D, foram apreendidas em nove locais diferentes, e também milhares de munições, segundo a polícia.

PUB

Quatro islandeses na faixa dos 20 anos foram presos em Kopavogur, um subúrbio da capital Reiquiavique, e na cidade de Mosfellsbaer, no sudoeste, numa operação que envolveu cerca de 50 policias na quarta-feira, indicou a mesma fonte. Dois deles foram hoje presos.

Embora os motivos ainda sejam desconhecidos, os alvos seriam "várias instituições" e "cidadãos do Estado", segundo Valsson, possivelmente incluindo o parlamento e a própria polícia.

A polícia disse que estava a investigar se havia ligações entre os homens e organizações extremistas, estando em contacto com autoridades estrangeiras.

"Até onde sabemos, esta é a primeira vez que uma investigação desse tipo é lançada [na Islândia]", disse Valsson.

O pequeno país de 375 mil habitantes está no topo do Índice Global da Paz desde que foi incluído no 'ranking' em 2008 como o "país mais pacífico do mundo".

Na Islândia a violência é rara, tendo uma das mais pequenas taxas de criminalidade do mundo, embora o aumento da delinquência nos últimos tempos tenha causado preocupação às autoridades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG