Mundo

Primeiro-ministro britânico está "inteiramente de acordo" com Obama sobre Afeganistão

Primeiro-ministro britânico está "inteiramente de acordo" com Obama sobre Afeganistão

O Primeiro-ministro britânico,David Cameron, disse estar"inteiramente de acordo" com o presidente americano, Barack Obama, com a manutenção da "pressão contínua" sobre os rebeldes afegãos, não obstante a redução das tropas naquele país, anunciou o Governo.

Os dois governantes estiveram ao telefone durante algumas horas antes de Barack Obama ter anunciado o "início" do fim da guerra, tendo o presidente norte-americano informado o primeiro-ministro britânico dos últimos desenvolvimentos no terreno e "as implicações do calendário de retirada das tropas norte-americanas".

"O primeiro-ministro disse estar inteiramente de acordo com a avaliação do presidente, observando os bons progressos registados no domínio da transição segura", e a necessidade de "continuar a exercer pressão contínua sobre os rebeldes, permitindo uma redução progressiva do contingente" da ISAF (Força de Assistência à Segurança no Afeganistão), disse o comunicado do gabinete oficial de David Cameron.

Barack Obama anunciou hoje (quarta-feira nos Estados Unidos) a retirada de 33 mil soldados do Afeganistão até ao verão de 2012.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG