Reino Unido

Professor encontrado morto após ser agredido por aluno com uma cadeira

Professor encontrado morto após ser agredido por aluno com uma cadeira

O corpo de Lee Sims, um professor assistente numa escola do País de Gales, foi descoberto na manhã de domingo, depois de um incidente com um aluno. As causas da morte ainda estão para ser confirmadas, mas, na imprensa britânica, está a ser feita uma associação entre a agressão de um aluno com uma cadeira e o óbito.

Foi na manhã de domingo que as autoridades depararam com Lee Sims morto em casa, em Brackla, Bridgend, no País de Gales. Era um professor assistente na escola Ysgol Bryn Castell, em Bryncethin. A causa desta morte ainda está por explicar e a policia de South Wales está a investigar o assunto.

Charles Smith, funcionário de Ysgol Bryn Castel, revelou que, dias antes da morte, um aluno atingiu o professor com uma cadeira, algo que poderá estar ligado ao óbito.

A diretora da escola, Helen Ridout, escreveu uma mensagem no Twitter da escola a indicar que, devido a este incidente, a escola encontrava-se encerrada esta segunda-feira. A escola onde Lee Sims trabalhava é destinada a alunos de ensino especial, entre sete a 19 anos, que sofrem de distúrbios sociais e emocionais.

Charles tinha 31 anos e era pai de três filhos. Era considerado por amigos e conhecidos uma pessoa impecável e um "verdadeiro senhor".