Medidas

Proibido dançar em grupos de mais de seis nos bares ingleses

Proibido dançar em grupos de mais de seis nos bares ingleses

A evolução da pandemia de covid-19 em Inglaterra levou o Governo britânico a apertar as regras.

Entre as novas normas introduzidas pelo Governo de Boris Johnson, está a proibição de bares, discotecas, restaurantes e cafés tocarem música que exceda os 85 decibéis, estando excluídas da regra as atuações ao vivo. Na mesma linha, os proprietários desses mesmos estabelecimentos - obrigados a encerrar às 22 horas - devem tomar "todas as medidas razoáveis" para impedir que os clientes dancem e cantem nas instalações, caso estejam em grupos de mais de seis pessoas. Na rua, ajuntamentos com sete pessoas ou mais também estão proibidos.

Em algumas partes do país onde existem surtos mais agudos, é também proibida a socialização entre pessoas de agregados familiares diferentes em espaços interiores ou ao ar livre, como vai passar a ser o caso do nordeste de Inglaterra, nomeadamente em Newcastle e arredores, a partir de quarta-feira.

A lei foi também atualizada para obrigar qualquer pessoa a ficar em isolamento caso tenha testado positivo ou tenha estado em contacto com alguém infetado com covid-19, sendo as infrações penalizadas com multas, que variam entre as 1000 libras (1102 euros), o valor atualmente aplicado a quem não cumpre quarentena após chegar do estrangeiro, e 10 mil libras (11.019 euros), para os reincidentes ou infrações mais graves, incluindo empresas que obriguem os empregados a trabalhar.

Outras Notícias