Política

Projeções dão maioria a independentistas nas eleições da Catalunha

Projeções dão maioria a independentistas nas eleições da Catalunha

As primeiras projeções das eleições regionais da Catalunha dão maioria, este domingo, aos partidos independentistas, que juntos reúnem uma maioria parlamentar.

Apesar do maior número de votos pertencer ao Partido Socialista da Catalunha (PSC), a Esquerda Republicana (ERC) deverá conseguir obter mais lugares no Parlamento, com 36 a 38 lugares. Os socialistas devem ficar com 34 a 36 cadeiras no Parlamento.

A ERC, em conjunto com o partido Juntos pela Catalunha (JxC), deverá obter a maioria absoluta pela causa independentista, que está no poder desde 2015. Juntos, os dois partidos, precisam de garantir 68 lugares, o que deverá acontecer. O Jxc deverá obter entre 30 a 33 deputados.

Há ainda outra hipótese em cima da mesa, segundo os meios de comunicação social de Espanha: os votos do Partido Democrata Europeu Catalão (PDECAT) e da Candidatura de Unidade Popular (CUP) poderiam contribuir também para a maioria independentista no Parlamento.

O partido de extrema-direita Vox deverá também entrar no Parlamento catalão e, segundo as primeiras projeções, fica à frente do Partido Popular (PP).

O Ciudadanos teve uma queda acentuada, de acordo com as sondagens à boca da urna, de 36 parlamentares para seis ou sete lugares.

A consulta eleitoral deste domingo fica marcada pela maior abstenção face a anos anteriores, possivelmente justificada pela pandemia da covid-19 - até às 18 horas, a participação foi de 45,67%, menos 22,6 pontos percentuais face às eleições de 2017.

PUB

O processo foi ainda fortemente contestado, uma vez que as pessoas infetadas com covid-19 e em quarentena tiveram uma hora para se deslocar e exercer o seu direito de voto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG