Brasil

Protesto divide-se e manifestantes radicais tentam invadir prefeitura de São Paulo

Protesto divide-se e manifestantes radicais tentam invadir prefeitura de São Paulo

Uma parte dos manifestantes que hoje à noite tentaram invadir o edifício da Prefeitura (Câmara Municipal) de São Paulo entraram em confrontos com elementos da Guarda Municipal, segundo imagens das televisões locais.

Perante os confrontos, os elementos da Guarda Municipal recuaram e entraram no edifício, enquanto os manifestantes ficaram do lado de fora e parte deles atiraram pedras que quebraram diversos vidros da fachada do prédio.

Durante os protestos, um carro de exteriores da televisão Record foi incendiado e depois explodiu, mas sem causar feridos.

Os manifestantes estão divididos, enquanto uma parte deles segue com atos de vandalismo, outro grupo grita "sem violência", para tentar impedir a radicalização do movimento.

Em seguida, parte dos manifestantes pacíficos deu as mãos, formando um cordão de isolamento em frente ao prédio, na tentativa de proteger a Prefeitura.

As manifestações, que se têm intensificado nos últimos dias, começaram há uma semana, originalmente para protestar contra o aumento da tarifa dos transportes públicos.

Outras Notícias