Covid-19

Putin pede a G20 reconhecimento mútuo de vacinas

Putin pede a G20 reconhecimento mútuo de vacinas

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, pediu este sábado aos demais líderes do G20 o reconhecimento mútuo das vacinas face ao que considerou como "concorrência desleal" e "protecionismo" de alguns países.

"Gostaria de destacar o facto de que, apesar das decisões do G20, o acesso às vacinas e outros recursos vitais ainda não é possível para todos os países", declarou Putin durante a sua intervenção por videoconferência na cimeira dos principais países industrializados e emergentes do mundo.

"Isto ocorre, creio, entre outras coisas, devido à concorrência desleal, ao protecionismo e ao facto de uma série de países, incluindo membros do G20, não estarem dispostos a reconhecer mutuamente vacinas e certificados", afirmou, segundo a agência noticiosa espanhola EFE.

A Rússia foi o primeiro país do mundo a autorizar uma vacina contra o novo coronavírus, em agosto de 2020, a Sputnik V.

Dezenas de organizações pediram aos líderes do G20 que desbloqueiem a oferta global de vacinas contra a covid-19, denunciando que apenas 3,1% das pessoas dos países mais carenciados receberam pelo menos uma dose.

Num comunicado divulgado hoje, a People's Vaccine Aliance, uma coligação de mais de 75 organizações incluindo a Oxfam, Amnistia Internacional, Aliança Africana, Global Justice Now, entre outras, alertam para incapacidade de combater a desigualdade global de vacinas contra o novo coronavírus, sublinhado que os países do G20 deviam renunciar à propriedade intelectual e partilhar a tecnologia das vacinas, diagnósticos e tratamentos covid-19.

A cimeira dos representantes das maiores economias do planeta tem as as alterações climáticas e o combate à pandemia de covid-19 no topo da agenda.

PUB

Em relação à questão da pandemia, os líderes do G20 devem reiterar a promessa de disseminar vacinas de forma homogénea em todo o globo, apesar de ser cada vez mais ténue a esperança inicialmente declarada de conseguir vacinar 40% da população mundial até final do ano.

O G20 representa 60% da população mundial e mais de 80% da riqueza a nível mundial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG