Mundo

Queixou-se à polícia do preço da gasolina

Queixou-se à polícia do preço da gasolina

A polícia foi chamada a um posto de abastecimento de combustível na Alemanha por um automobilista descontente com os 9,99 euros cobrados por um litro de gasolina.

O condutor de um BMW ficou indignado quando, depois de abastecer o seu carro com 21 litros de gasolina, o funcionário da estação de serviço lhe pediu 209,98 euros pelo combustível.

A polícia foi chamada ao local, mas o cliente teve mesmo de pagar a despesa, já que o preço estava marcado e o funcionário envolvido não tinha poder de decisão sobre a fixação dos preços.

Apesar do preço estar marcado, Yunus G. garante que não reparou no valor: "quem espera uma coisa dessas?", disse o consumidor ao jornal "Bild". Outros consumidores caíram no mesmo erro e também tiveram de pagar, esperando agora entrar em acordo com a Esso.

De acordo com o jornal alemão "The Local", o posto de abastecimento da Esso da cidade de Filderstadt aumentou o preço da gasolina para um preço exorbitante de forma evitar o consumo excessivo, já que o combustível escasseou, esta segunda-feira à tarde na zona de Estugarda, devido às deslocações de Páscoa e a um problema na rede de abastecimentos dos postos de combustível.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG