O Jogo ao Vivo

Rússia

Quem é Alina Kabaeva, a suposta namorada de Putin alvo de sanções europeias

Quem é Alina Kabaeva, a suposta namorada de Putin alvo de sanções europeias

Alina Kabaeva, a suposta namorada secreta do presidente da Rússia Vladimir Putin, está incluída no sexto pacote de sanções contra a Rússia proposto pela União Europeia. Mas quem é Alina Kabaeva?

De acordo com o "The Guardian", duas fontes diplomáticas revelaram que a União Europeia (UE) propôs sanções contra Alina Kabaeva, ex-ginasta olímpica. Segundo o pacote de sanções, Kabaeva ficará proibida de viajar dentro da UE e verá os seus ativos congelados, juntando-se a mais de mil russos que já estão nas listas de sanções desde o início da invasão da Rússia à Ucrânia. Falta apenas que os 27 estados-membros da UE aprovem os novos nomes propostos.

Em abril, o "Wall Street Journal" noticiou que autoridades norte-americanas estavam a debater se deveriam impor sanções a Kabaeva, uma vez que a medida podia aumentar ainda mais as tensões, por ser um golpe pessoal extremo em relação a Putin.

Quem é Alina Kabaeva?

Nascida em 1983, as ligações entre Putin e Kabaeva chegaram a público pela primeira vez há mais de uma década, quando Kabaeva era uma ginasta rítmica e medalha de ouro olímpica. Afastada da ginástica em 2001, num escândalo de doping, converteu-se à vida política e foi eleita deputada em 2007, pelo Rússia Unida, o partido de Putin.

Em 2014, renunciou à Duma, a câmara de deputados russa, e assumiu o cargo de presidente do conselho de administração do grupo de comunicação pró-Kremlin National Media Group, tendo, segundo o "The Insider", um salário anual de cerca de 9,5 milhões de euros.

PUB

Acredita-se que o casal tenha vários filhos. Já mãe de duas crianças, Kabaeva deu à luz um casal de gémeos em maio de 2019, num parto rodeado de secretismo. Desde então, nunca mais foi vista em público e, em outubro do ano passado, havia rumores de que estava novamente grávida. Ninguém sabe onde Kabaeva vive com os filhos: fala-se da Suíça, de um refúgio privado nos Urais, na Sibéria, e até no Ártico, mas o seu paradeiro é incerto.

Tanto Putin como Kabaeva sempre negaram a relação amorosa. Em 2008, o jornal russo "Moskovsky Korrespondent" avançou que Putin se tinha divorciado de Lyudmila Shkrebneva, com quem esteve casado 29 anos, desde 1983, para se casar com Kabaeva. Uma semana depois, o jornal fechou, alegando "dificuldades financeiras".

Questionado sobre o assunto em 2014 pela revista "Newsweek", Putin respondeu: "Estou, é claro, ciente do cliché de que os políticos vivem em casas de vidro, mas mesmo nesses casos, deve haver alguns limites... Sempre detestei pessoas que andam por aí com as suas fantasias eróticas, metendo o nariz cheio de ranho na vida de outras pessoas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG