EUA

Queniano acusado de preparar ataque semelhante ao do 11 de setembro

Queniano acusado de preparar ataque semelhante ao do 11 de setembro

Um cidadão queniano, com alegadas ligações ao grupo jiadista Al Shabaab, foi esta quarta-feira acusado pela procuradoria federal dos EUA de planear o sequestro de um avião e efetuar um ataque semelhante aos atentados do 11 de setembro de 2001.

O indiciado, identificado com Cholo Abdi Abdullah, "obteve treino como piloto e investigou como sequestrar um avião para lançar um ataque ao estilo do 11 de setembro sob a direção do Al Shabaab", um grupo vinculado à Al-Qaida e que planeou os ataques de 2001 em território dos Estados Unidos com um balanço de quase 3000 mortos.

De acordo com um comunicado da procuradoria, o acusado, que poderá ser condenado a prisão perpétua caso seja considerado culpado, foi detido nas Filipinas em julho de 2019 e deportado na terça-feira para os Estados Unidos, onde comparecerá perante a juíza Analisa Torres num tribunal federal de Nova Iorque para escutar as atas de acusação.

PUB

"Como se alega, Cholo Abdi Abdullah obteve treino como piloto nas Filipinas como parte de uma conspiração terrorista dirigido por altos líderes do Al Shabaab, como preparação para tentar sequestrar um avião comercial e dirigi-lo contra um edifício nos Estados Unidos", disse o procurador geral do distrito de Manhattan, Audrey Strauss.

A procuradoria considera que a preparação desta operação se insere numa campanha terrorista do Al Shabaab em resposta à decisão dos Estados Unidos em reconhecer Jerusalém como capital de Israel e denominada "Operação Jerusalém nunca será judaizada".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG