O Jogo ao Vivo

Mundo

Raio destrói santuário da Virgem da Barca na Galiza

Raio destrói santuário da Virgem da Barca na Galiza

O santuário da Virgem da Barca, em Muxia, na Galiza, ficou completamente destruído pelas chamas, depois um transformador elétrico ter sido atingido por um raio, no dia de Natal, tendo incendiado o histórico templo espanhol, referência para quem faz o Caminho de Santiago. Veja o vídeo

As chamas dentro da igreja começaram, na madrugada do dia de Natal, na sacristia e rapidamente alastraram pelas traves de madeira da nave central, deixando o edifício do século XII "totalmente destruído", contou o presidente da câmara de Muxía, Félix Porto, ao jornal "El Mundo".

Apesar dos esforços dos bombeiros de vários municípios vizinhos, pouco se conseguiu fazer para travar as chamas e evitar a destruição da igreja situada junto ao mar, naquela que é conhecida como a "Costa da Morte".

Apesar dos estragos, a importância da igreja levou Junta da Galiza a anunciar que vai tentar reconstruir o histórico templo "custe o que custar", afirmou o presidente Alberto Núñez Feijoo, de visita ao monumento atingido pelas chamas.

Será agora necessária "uma inspeção mais profunda", mas as primeiras indicações apontam para que "não haja nenhum dano grave nem na cúpula, nem nas paredes", revelou à "La Voz de Galicia" o subdiretor de conservação da Direção Geral de Património, Manuel Chaín.

O santuário da Virgem de Barca é lugar de peregrinações desde o século XII e local de celebração de uma das romarias mais emblemáticas da Galiza.