Índia

Rapariga de 15 anos transporta pai ferido de bicicleta por mais de mil quilómetros

Rapariga de 15 anos transporta pai ferido de bicicleta por mais de mil quilómetros

Uma rapariga de 15 anos, agora conhecida como "coração de leão", transportou o pai ferido por mais de 1200 quilómetros de bicicleta durante sete dias, na Índia.

A história inspirou toda uma nação. A adolescente tem 15 anos e uma missão simples nas mãos: levar o pai para casa. Jyoti Kumari e o pai não tinham dinheiro e a aldeia de onde são naturais fica no meio da Índia. O pai, um trabalhador migrante desempregado, ficou ferido e não conseguia andar.

Então Jyoti, a filha, não hesitou e disse ao pai: "Deixe-me levá-lo para casa". O pai achou a ideia descabida, mas acabou por concordar. A filha comprou uma bicicleta das mais simples e das mais baratas. Com o pai empoleirado na parte traseira do veículo, ela pedalava da periferia de Nova Deli até a aldeia natal, que dista mais de mil quilómetros de distância. "Não se preocupe, mãe", Jyoti tranquilizou a mãe ao longo do caminho, pedindo emprestado telemóveis. "Vou levar o pai para casa bem", afiançava.

Durante os últimos dois meses sob quarentena devido ao novo coronavírus, milhões de trabalhadores migrantes nas cidades da Índia, desesperados e sem dinheiro, tentaram regressar às suas aldeias, onde podiam confiar nas redes familiares para sobreviver.

Muitos não conseguiram. Alguns foram esmagados por comboios, outros atropelados por camiões. Alguns simplesmente entraram em colapso, enquanto caminhavam por uma estrada longa e quente, mortos até à exaustão. Mas no meio de toda a dor, a história de superação de Jyoti surge como uma luz de esperança. A imprensa indiana apelida-a de "coração de leão".

Já depois de sete dias de viagem de bicicleta numa Índia quente e pobre, Jyoti e o pai chegaram finalmente a casa. Dias mais tarde, a adolescente recebeu um telefonema da Federação de Ciclismo da Índia. Onkar Singh, presidente da federação, convidou-a para fazer um teste de entrada na equipa nacional em Nova Deli. "Ela tem um grande talento", disse Singh, citado pelo jornal "The New York Times". Contactada por telefone na última sexta-feira, Jyoti disse estar "muito feliz" com o convite.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG