Itália

Recuperados mais quatro corpos de prédio atingido por explosão na Sicília

Recuperados mais quatro corpos de prédio atingido por explosão na Sicília

As autoridades italianas recuperaram mais quatro cadáveres dos escombros dos apartamentos afetados, no sábado, por uma explosão provavelmente provocada por uma fuga de gás na cidade de Ravanusa, na Sicília.

O balanço anterior indicava três vítimas mortais e seis desaparecidos.

"Os membros das equipas de resgate continuam o seu trabalho sem parar" na tentativa de encontrar duas pessoas desaparecidas após a explosão que destruiu no sábado à noite quatro apartamentos de um prédio na cidade de Ravanusa, no sul da Sicília, disse hoje o responsável pela unidade regional da Proteção Civil siciliana através da plataforma digital Facebook.

Logo após a explosão, duas mulheres foram encontradas com vida por equipas de socorro.

A explosão, seguida de um incêndio e do desabamento do edifício de quatro pisos, ocorreu às 20.30 horas de sábado (19.30 em Portugal continental).

Os bombeiros admitiram durante o fim de semana que a explosão pode ter sido provocada por uma fuga de gás e que afetou outras edificações.

"O gás estava provavelmente acumulado numa cavidade. Esta bolsa de gás poderá ter encontrado um detonador acidental: um carro, um elevador, uma aplicação elétrica", comentou o chefe dos bombeiros de Agrigento ao canal Rainews24.

PUB

Pouco depois da explosão, o presidente da câmara de Ravanusa, Carmello D'Angelo, apelou a "qualquer pessoa com pás e bulldozers" para que fosse ajudar nos trabalhos de socorro.

"Isto é um desastre", disse Carmello D'Angelo.

Cerca de 50 pessoas tiveram de ser realojadas, acrescentou o autarca à Rainews24.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG