Mundo

Rede responsável pelos atentados em Bruxelas e Paris quase "destruída"

Rede responsável pelos atentados em Bruxelas e Paris quase "destruída"

A rede responsável pelos ataques de Paris e de Bruxelas está "em processo de ser destruída", mas outras mantêm-se, avisou, esta sexta-feira, o presidente da República de França, François Hollande.

"Temos alguns resultados na procura dos terroristas e, tanto em Bruxelas como em Paris, tem havido uma série de detenções e sabemos que há outras redes", disse Hollande.

Acrescentou que a rede responsável pelos ataques nas duas cidades "está em processo de ser destruída", mas deixou o aviso de que "ainda há uma ameaça elevada".

A polícia francesa deteve Reda Kriket, 34 anos, em Paris, na quinta-feira, e acusou-o de estar a planear um ataque, em estado bastante avançado, e de ter ligações a Abdelhamid Abaaoud, o suspeito de ser o cabecilha dos ataques, a 13 de novembro, na capital francesa.

Outros três homens foram presos na sexta-feira por ligações ao plano de Reda Kriket, adiantou o procurador belga.

"E assim a Síria é o nosso primeiro objetivo. Nem esquecemos o Iraque. E não esquecemos a questão dos refugiados. Desejamos assegurar que o direito ao asilo é totalmente respeitado e, ao mesmo tempo, que conseguimos controlar as nossas fronteiras externas", acrescentou o presidente francês.

Outras Notícias