O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Redes sociais: a guerra também se trava no TikTok

Redes sociais: a guerra também se trava no TikTok

Estrelas e influencers da Rússia criticam nas redes sociais o conflito militar. Ucranianos mostram sinais de destruição.

Como do dia para a noite, os vídeos de cores garridas, coreografias e brincadeiras deram lugar às fardas militares, tanques e explosões. A guerra da Ucrânia rapidamente tomou conta da Internet e do TikTok, a rede social mais usada por jovens e adolescentes, que já tem mil milhões de utilizadores registados. Os curtos filmes propagam-se a uma velocidade impossível de controlar e atingem vários milhões de visualizações. Mas muitos deles não são o que dizem ser.

No início do conflito, responsáveis militares ucranianos usaram publicações de filmes de comboios militares para detetar a localização e movimentação das tropas russas. Não passou muito tempo até começarem a surgir em catadupa vários vídeos falsos nas redes sociais. Diziam ser da Ucrânia, mas muitos eram de outros conflitos. E, num caso, o vídeo de armas antiaéreas ucranianas a disparar contra supostos aviões russos até era tirado de um videojogo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG