Coreia do Sul

Reencontro de famílias das Coreias por três dias

Reencontro de famílias das Coreias por três dias

Cerca de 400 sul-coreanos atravessaram esta terça-feira a fronteira fortemente militarizada com a Coreia do Norte para um raro encontro com familiares que não veem há mais de seis décadas. Veja as imagens.

Uma frota de autocarros transportou os familiares de um resort na cidade portuária de Sokcho até à fronteira que divide a península desde a guerra de 1950-53.

Após passar o "checkpoint", o grupo deslocou-se até ao Monte Kumgang, onde vai decorrer o encontro de três dias, agendado para começar esta terça-feira à tarde.

Esta é a segunda reunião familiar organizada nos últimos cinco anos, sendo fruto de um acordo firmado em agosto com o objetivo de atenuar as tensões entre as duas Coreias.

Mais de 65 mil sul-coreanos estão atualmente na lista de espera para participar num destes encontros.

"Não consegui pregar olho esta noite", disse Lee Joo-Kuk, de 82 anos, segurando uma placa com o seu nome e idade, e o nome do seu irmão mais velho que espera encontrar no Monte Kumgang.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG