O Jogo ao Vivo

Política

Reino Unido expulsa três espiões chineses que se faziam passar por jornalistas

Reino Unido expulsa três espiões chineses que se faziam passar por jornalistas

O Reino Unido expulsou três espiões chineses que viviam no país há vários meses e se faziam passar por jornalistas, noticiou esta sexta-feira o diário britânico "Daily Telegraph", que cita fonte do governo.

Os espiões alegavam trabalhar como "jornalistas para várias agências de notícias chinesas", mas estavam ao serviço do Ministério de Segurança do Estado, disse a mesma fonte, não identificada.

"A identidade real deles foi descoberta pelo MI5 - os serviços de segurança interna britânicos -, pelo que foram expulsos do país", acrescentou.

As relações entre a China e o Reino Unido atravessam um período de crescente tensão, em particular devido à imposição de uma lei de segurança nacional em Hong Kong e políticas repressivas na região de Xinjiang, que foram alvo de fortes críticas por Londres.

O Reino Unido também baniu o grupo chinês Huawei das suas infraestruturas de telecomunicações, alegando preocupações com a segurança interna.

Na quinta-feira, o regulador da imprensa britânico decidiu também revogar a licença de transmissão da CGTN, alegando que o canal de notícias público da China é controlado pelo Partido Comunista Chinês, algo que omitiu aquando do pedido de licenciamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG