Reino Unido

Reino Unido prepara planos de eventual ação militar na Síria

Reino Unido prepara planos de eventual ação militar na Síria

O Reino Unido está a preparar os planos para uma possível ação militar, em resposta à utilização de armas químicas na Síria, declarou, esta terça-feira, um porta-voz do primeiro-ministro britânico, David Cameron.

O porta-voz acrescentou que David Cameron ia decidir ainda esta terça-feira convocar, ou não, o parlamento britânico, atualmente em férias até 2 de setembro, para debater uma eventual intervenção.

"Até agora, não foi tomada qualquer decisão. Continuamos a debater com os nossos parceiros internacionais qual deve ser a resposta apropriada, mas, neste quadro, estamos a preparar planos militares, caso seja necessário", indicou.

"Trata-se de examinar como impedir a utilização de armas químicas, por ser algo totalmente abjeto e contrário ao direito internacional", sublinhou.

O mesmo porta-voz disse que "mais tarde, será anunciado se há, ou não, uma convocação antecipada (do parlamento) para debater estas questões.

David Cameron, que encurtou as férias e regressou já a Downing Street, conversou nos últimos dias com os vários dirigentes mundiais, como o Presidente russo, Vladimir Putin, o norte-americano, Barack Obama, e o francês, François Hollande.

O primeiro-ministro britânico vai continuar a manter estes contactos para decidir sobre uma "resposta proporcional" ao ataque das forças de Bashar al-Assad, nos arredores de Damasco, a 21 de agosto, alegadamente com armas químicas, indicou o porta-voz de Downing Street.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG