Covid-19

Inglaterra retira quarentena obrigatória a europeus e americanos vacinados

Inglaterra retira quarentena obrigatória a europeus e americanos vacinados

A partir de 2 de agosto, os viajantes americanos e europeus totalmente vacinados que cheguem a Inglaterra deixam de ser obrigados a cumprir quarentena.

A notícia foi avançada pelo ministro dos Transportes inglês, Grant Shapps, numa publicação no Twitter. "Estamos a contribuir para a reunião de pessoas que vivem em países americanos e europeus com os familiares e amigos residentes no Reino Unido", escreveu, acrescentando que a medida entra em vigor na madrugada de 2 de agosto.

A cadeia de televisão britânica BBC já tinha avançado, sem adiantar fontes, que a decisão foi tomada esta quarta-feira numa reunião do Conselho de Ministros, liderada pelo primeiro-ministro Boris Johnson.

Grant Shapps esclareceu, ainda assim, que, apesar da eliminação da quarentena, a realização de um teste de diagnóstico à covid-19 antes da partida e no segundo dia após a chegada a Inglaterra continua a ser obrigatória.

Nos últimos dias, o setor de viagens, economicamente muito afetado pela pandemia, tem pressionado o Governo a flexibilizar a política de viagens internacionais, a fim de salvar a época de férias de verão.

De acordo com a BBC, a medida vigorará apenas em Inglaterra, aguardando-se que Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, que têm suas próprias competências, atualizem as suas políticas de viagens brevemente.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG