Covid-19

Reino Unido vai administrar quarta dose da vacina a grupos de risco

Reino Unido vai administrar quarta dose da vacina a grupos de risco

O Reino Unido vai oferecer, a partir de segunda-feira, uma quarta dose da vacina contra a covid-19 aos maiores de 75 anos residentes em lares e aos grupos vulneráveis.

O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido espera que esta medida abranja cerca de cinco milhões de pessoas, avançando que esta semana cerca de 600 mil serão chamados a receber a nova dose de reforço da vacina.

A quarta dose destina-se aos adultos com mais de 75 anos residentes em lares de idosos e a pessoas com mais de 12 anos pertencentes a grupos considerados vulneráveis.

PUB

O programa de reforço começa numa altura em que os casos positivos de covid-19 continuam a aumentar em todo o país, com cerca de 100 mil casos por dia em todo o Reino Unido.

As autoridades estimam que uma em cada 20 pessoas esteja agora infetada com o vírus SARS-CoV-2, que causa a covid-19.

O ministro da Saúde britânico, Sajid Javid, instou os cidadãos a "serem vacinados assim que forem contactados pelo Serviço Público de Saúde".

Até agora, apenas as pessoas com sistemas imunológicos debilitados tinham sido consideradas elegíveis para receber a quarta dose da vacina.

A Escócia e o País de Gales já lançaram os seus próprios programas de vacinação nos mesmos termos, mas ainda não se sabe quando começará na Irlanda do Norte, embora se acredite que seja esta primavera.

Os adultos que vão receber a quarta dose serão vacinados com a vacina da Pfizer ou da Moderna, enquanto as crianças entre os 12 e os 18 anos receberão a da Pfizer.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG