O Jogo ao Vivo

Saúde

Reino Unido vai infetar voluntários com covid-19 para testar vacinas

Reino Unido vai infetar voluntários com covid-19 para testar vacinas

O Reino Unido pode ser o primeiro país do mundo a levar a cabo ensaios laboratoriais em que voluntários saudáveis são deliberadamente infetados com o novo coronavírus, para que sejam testadas vacinas experimentais.

Os testes em causa, cuja notícia foi avançada pelo "Financial Times" e pela BBC, vão ter lugar em Londres. Embora a estação de televisão britânica tenha apurado que ainda não foi assinado qualquer contrato, o Governo britânico diz que está em negociações em torno do desenvolvimento de uma vacina por meios de "estudos de desafio humano".

Caso o ensaio obtenha luz verde, Alastair Fraser-Urquhart, estudante universitário de 18 anos, pretende voluntariar-se. "Acho que o ensaio tem o potencial de salvar milhares de vidas e efetivamente livrar o mundo da pandemia mais cedo. É algo que fez sentido para mim de forma imediata", justificou, no programa "Today", da BBC Radio 4.

Em declarações ao mesmo programa, o especialista Peter Horby, da Universidade de Oxford, descreveu o estudo como uma "boa ideia com potencial real para fazer a Ciência avançar e permitir uma melhor compreensão da doença". "Agora sabemos que o risco [do vírus] num jovem adulto saudável sem condições subjacentes é extremamente baixo. Já suspeitávamos disso antes, mas não tínhamos a força das evidências para podermos desafiar pessoas com o vírus - agora acho que há dados claros", acrescentou.

Além disso, "atualmente há novos tratamentos que mostraram ser benéficos" numa eventual situação em que um voluntário se sinta mal. "Há medicamentos que podem ser administrados numa fase inicial para ajudar a controlar a doença", completou, indicando que "é provável que os voluntários sejam observados de perto e que os seus sistemas imunológicos sejam monitorizados para ver como respondem ao vírus."

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG