Países Baixos

Jornalista em estado grave após ser baleado na cabeça numa rua em Amesterdão

Jornalista em estado grave após ser baleado na cabeça numa rua em Amesterdão

Um jornalista holandês especializado em crime organizado foi esta terça-feira baleado na cabeça no meio de uma rua em Amesterdão, nos Países Baixos, encontrando-se hospitalizado em estado grave, adiantou a polícia local, acrescentando que foram disparados vários tiros.

O ataque a Peter R. De Vries, de 64 anos, ocorreu na Lange Leidsedwarsstraat, uma rua no centro de Amesterdão, havendo já várias imagens a circular nas redes sociais que mostram o jornalista caído no chão com ferimentos na cabeça.

A polícia holandesa indicou que está à procura de homem caucasiano e de constituição magra, vestindo um casaco de camuflagem verde-escuro e um boné preto, que será o presumível autor do tiroteio e que se encontra em fuga.

Peter R. De Vries é um jornalista conhecido nos Países Baixos devido às suas investigações sobre crimes e questões de crime organizado, tendo já atuado como informador em casos mediáticos no país, como o caso Marengo, que envolve assassínios e tráfico de droga.

Quando se soube que estava na lista negra do traficante de droga e líder da máfia holandesa Ridouan Taghi (que está em fuga), em 2019, Peter R. De Vries passou a ser protegido pela polícia após receber ameaças de morte.

O tiroteio de hoje provocou comoção nos Países Baixos.

O líder da extrema-direita, Geer Wilders, segundo a EFE, considerou o ato como "terrível", enquanto o secretário-geral da Associação de Jornalistas dos Países Baixos, Thomas Bruning, chamou-o de "soco no jornalismo".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG