Migrações

Resgatados 48 migrantes ao largo da costa da Tunísia que tentavam chegar à Europa

Resgatados 48 migrantes ao largo da costa da Tunísia que tentavam chegar à Europa

48 migrantes que tentavam chegar clandestinamente à Europa, provenientes da Líbia e a bordo de um barco improvisado, foram este sábado resgatados ao largo da costa sudeste da Tunísia, segundo o Crescente Vermelho Tunisino.

Após a avaria do barco em que seguiam, os migrantes, incluindo 15 malianos, 15 sírios e quatro egípcios, foram intercetados e resgatados pela guarda costeira tunisina ao largo de Zarzis, disse Mongi Slim, chefe do Crescente Vermelho para o sul da Tunísia.

Foram levados para o porto de El-Ketef na zona de Ben Guerdane (sul), antes de serem transferidos para três abrigos da Organização Internacional para as Migrações (OIM) em Tataouine, Medenine e Zarzis, acrescentou.

Na quinta-feira, uma unidade militar marítima tunisina salvou 28 migrantes, com idades compreendidas entre os 14 e os 33 anos ao largo de Zarzis. Também estavam a tentar chegar à Europa a partir da costa líbia, disse o Ministério da Defesa, através de um comunicado.

Apesar da persistente insegurança, a Líbia continua a ser um importante ponto de passagem para dezenas de milhares de migrantes que procuram chegar à Europa todos os anos através da costa italiana, a 300 quilómetros de distância.

Segundo a OIM, cerca de 23 mil pessoas morreram ou desapareceram no Mediterrâneo desde 2014, depois de tentarem chegar à Europa, incluindo cerca de 1.700 desde o início de 2021.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG