Exclusivo

Retratos de uma infância interrompida pela guerra

Retratos de uma infância interrompida pela guerra

De um dia para o outro, milhões de crianças ucranianas viram as suas vidas viradas do avesso. Acabaram-se as aulas, as brincadeiras com os amigos e as celebrações familiares. O único objetivo agora é sobreviver. Muitas foram forçadas a deixar tudo para trás e rumaram para o desconhecido em busca de segurança. Algumas já se tornaram um símbolo de uma guerra que lhes roubou a inocência.

Uma menina tranquilamente sentada na janela de um edifício em ruínas, com fitas amarelas e azuis no cabelo, um chupa-chupa na boca e uma shotgun nos braços. Um símbolo de força e de resistência e do quotidiano de uma criança ucraniana em tempo de guerra. A fotografia, intitulada "Menina com doce" tornou-se viral, mas o que muitos não sabem é que foi encenada. A 22 de fevereiro, dois dias antes da invasão russa, Oleksii Kyrychenko, fotógrafo amador e engenheiro de profissão, decidiu fazer uma sessão fotográfica com a filha de nove anos "para chamar a atenção do Mundo para a agressão russa na Ucrânia". Mesmo sendo encenada, o impacto visual da foto não deixou ninguém indiferente e chegou até ao antigo presidente do Conselho Europeu Donald Tusk. O político polaco partilhou a imagem nas suas redes sociais com a legenda: "Só não lhe digam, por favor, que sanções mais duras seriam demasiado caras para a Europa". E a partir deste momento a fotografia de Oleksii explodiu nas redes sociais tendo sido partilhada milhões de vezes pelos utilizadores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG